Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 17 de abril de 2012

Marcas que marcam


Uma das coisas que eu gosto mais é de me surpreender com marcas. E o que gosto mesmo, mesmo muito é descobrir uma marca, gostar dela sem saber nada sobre e depois mais tarde aperceber-me que essa marca faz furor.
Isso aconteceu-me com a primeira roupinha do Vicente, da DOT.
Descobri uma "barraquinha" numa feira mamãs e bebés, quando fui de passeio para o Norte, estava eu grávida de 3 meses e tinha sabido há uma semana que vinha aí outro rapaz, ou seja, o meu universo continuaria azul.
E descobri uma barraquinha (stand, vá) com coisas fofíssimas. E encantei-me. Encantei-me de tal modo que disse ao marido que aquela teria de ser a primeira roupinha do bebé V.

E só bem mais tarde, já com ele fora da barriga, quando criei o facebook para estar de olho no meu filho mais velho, é que descobri que afinal esta marca era do mais bem possível. Mas o que eu gostei mesmo foi de pensar que eu gostei dela sem saber nada disso.

E depois o Vicente cresceu. E ao contrário dos manos que eram mesmo quequezitos (como eu costumo dizer, eu e eles temos pouco em comum, eles queques e eu duchess. Mas no fundo, no fundo...somos todos mais bolos) o Vicente é mais rocker e bem mais cool do que os manos. Não sei porquê mas é. A minha mãe não percebe muito bem esta minha explicação e comenta que eles são ou foram o que eu quis que eles fossem. Não sei explicar. Só sei que não sinto isso assim.

E este universo dos estilos e das marcas é engraçado. Talvez seja preciso contextualizar. Não vivo em Lisboa e durante muitos anos não tive internet. E o facebook só apareceu na minha vida em Abril ou Maio de 2010. Portanto, em 2001, 2002, 2003 e por aí fora, não conhecia metade do que conheço hoje. E eles vestiam essencialmente Materna, João e Maria, muiiito Metro Kids, Ovo Estrelado, Timberland, Gap, Nautica e Ralph Laurent (estas últimas trazidas dos Estates). E até hoje tem sido mais ou menos assim.
O Vicente é uma mistura muito engraçada. Acho mesmo que ele tem cara e postura para um estilo mais rocknroll e yahh mas acaba por ser uma mistura ente a roupa que encontro engraçada mais desse género (gap e zara kids) e o que herdou dos manos. 
E com a última gravidez e com  a internet e com o meu interesse pelo universo cor-de-rosa (já tinha algum interesse antes mas preferia não olhar muito para essas coisas e seguia em frente) acabei por conhecer muitas marcas engraçadas. O que acho fantástico é que me tornei ainda mais adepta do "o que é nacional é bom".

Portanto, tenho dois filhos mais velhos que sempre foram meninos de sapato de vela, camisa e pullover de bico. Tenho um rapaz mais novo que tem muitas sweatshirts e ténis adidas e essencialmente uma postura muito "está-se bem" (só continuo a não ser adepta das cores muito garridas para eles). 
E tenho uma mini-miúda que ainda não sei o que é. Mas acho que vou gostar de descobrir:)


1ª roupa do Vicente:
body e fofo DOT
casaco e botinhas João e Maria
cabide Zara Home
Colcha Ralph Laurent
mantinha feita pela minha tia-avó Vitória



E é assim que eu vejo o V.









E agora: quero, quero, quero.

Só não quero o preço.

http://forage.bigcartel.com/



12 comentários:

Sandra disse...

Adorei a 1ª roupinha do meu Vi .... mas identifico ele com o resto das roupinhas .... na perfeição.

Aliás o meu Vi é lindo que qualquer maneira ....

Beijo mais bom em ti meu genro do coração.

Sandra Gonçalves

Sandra disse...

Opá .... que delicia .... os dois amores da minha vida.

Num dia de campo vestidos de camisinha, calça de ganga e ténis ...

Beijosssssssss e obrigado por este mimo.

Sandra Gonçalves

Duchess disse...

E ainda bem que te convenci a não lhe vestires um vestido todo pipi. Foi o máximo vê-los assim:)

Sandra disse...

É verdade sim ......

Beijocas

Kiki disse...

Amei os modelitos todos!!! :)))

Full-time Mom disse...

Oh pá se quiseres costuro-te um laço para o V.! :)

Duchess disse...

Então não? Claro! yeihhhhhhh

Magui disse...

Eu também acho que a tua mãe tem razão... Acho que eles são o queremos que sejam (falo de estilo que o resto não é assim tão controlável)! Mas eles também chegam às nossas vidas em momentos diferentes e acho que é aí que está a diferença!
De qualquer forma eu adoro os dois estilos... No meu caso cabe tudo no roupeiro, uns dias mais casual outros mais pipi! Uns dias olho para ele e vejo um menino grande e visto-lhe ganga, sweats e sapatilhas e outros olho e vejo o meu bebe pequenino e encho-o de fatinhos, casaquinhos de malha e sandálias inglesas!
Beijinhos enormes

Duchess disse...

Fia-te nisso:):)
tens poder sobre o estilod eles até uma determinada idade. depois acabou-se!
Claro que a minha mãe tem razão. Mas acho que ele tem um ar tão cool, tão cool que ao menos tem de ser um hippy chic:):)

e com ela, tal como tu, acho que vou gostar imenso de fazer experiências, misturar estilos...torná-la única:):)

Beijo grande, grande!

Melancia disse...

Pois eu acho que o meu rapaz tem um ar completamente descontraído, meio malandreco e rúfia e, maioritariamente o visto de sapatilhas, calças de ganga e sweats. Quando o ponho mais pipi, apesar de achar que fica lindo na mesma, sinto que não combina. E, quando digo que não combina não é com a cara dele, é mesmo com a personalidade.

Duchess disse...

Melancia: é que é isso mesmo!

raquel disse...

Eu estou ansiosa por descobrir como será o estilo deste pequeno daqui da casa.
Para já sou eu que decido e anda todo pipi, mas depois....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...