Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Dicas para os saldos








Eu não sou muito boa com os saldos. Eu não sou muito boa com as compras no geral e muito menos com os saldos em particular. E ainda pior quando se trata das roupas deles e… agora dela. DELA. Ufa que não está fácil resistir. Tantos anos a pensar em ter coisas de menina espalhadas pela casa e finalmente we did it!( fico nervosa só de pensar).
Não sou compradora compulsiva mas tal como um viciado prefiro ficar longe da tentação. E por isso gosto tanto das compras online. Adoro ver mas parece que estou a jogar às comprinhas, tal e qual como quando passámos para euros e eu sentia-me a jogar ao monopólio. E por isso não sinto tanta tentação de comprar. Estou no meu ambiente seguro e não cheia de gente à volta, aos tropeções, com as bancadas todas desarrumadas e com empregadas muito mal humoradas a pairar. E esse cenário dantesco tanto pode dar para sair dali para fora a fugir, ou fugir na mesma, mas agarrando em não sei quantas peças à pressa, sem ponderar nada sobre a validade daquela compra que estou prestes a fazer.

Portanto, se não olhar, não tocar, não cheirar, está tudo bem. Mas quando vou, acabo por comprar o que faz falta e muitas vezes o que não faz.

E vendo bem, eu tenho mesmo de ser mulher de saldos.

Comprei calções de praia em saldos. Mas mesmo em saldos, só para calções de praia gastei 100 euros. Mais 100 euros em tshirts, mais 100 euros em sapatos, mais 100 euros em toalhas. Mais 100 euros em… Ter 4 filhos é dose.

Por isso tenho mesmo de ser mulher de saldos. Não há como escapar. Mas com ponderação, que é coisa que ainda me falta um bocadinho. Ponderação, cabeça fria e focos, focos. Um dia de cada vez, como os outros diriam. Um dia de cada vez.

Mas se eu sou mulher de saldos e promoções então devia ser uma expert. Que nada!
Tenho sempre um problema enorme. A eterna questão: qual é a altura certa para comprar? Os números vão esgotando, é certo. Mas também me custa comprar por x e saber que passada uma semana estará já em y.

E já me aconteceu de tudo, provavelmente como à maioria de vós: fiz compras daquelas mesmas boas, que me fizeram sentir uma grande pintas e fintas e tudo e tudo. Já fiz compras daquelas mesmo más, das quais que me arrependi logo no segundo a seguir; já esperei para comprar mais tarde e depois fiquei a arrancar cabelos porque não há mais tarde nestas coisas da paixão. É ali ou não é.

Pedi às leitoras que dessem umas dicas a ver se dava para fazer uma espécie de guia de como vencer os saldos, vencer nos saldos e podermos sentir que fomos nós que engolimos os saldos e não foram os saldos que nos engoliram a nós.

Então cá vai:


1-       Não comprar só por comprar. Não é fácil. Mas é possível.

2-      Deixar para o fim o que menos se precisa. Aquilo que não faz mossa se não se comprar.

3-      Se se gostar muito de uma peça, então não esperar. Ataca-se logo. Para não se ficar depois a massacrar e a remoer e a remoer e a remoer.

4-       Experimentar os saldos a meio, já na segunda rebaixa. No meio é que está a virtude, é o que dizem.

5-      Fazer uma lista de tudo o que se precisa, ainda para esta temporada ou para o ano seguinte. E já agora estabelecer um plafond de quanto se pode gastar.


6-      Também se pode tentar perceber que peças desta colecção darão para a estação seguinte (com uns collants, com um casaco, etc, etc).

7-      Comprar mais online. Na segurança da nossa casa escolhe-se melhor.

8-      Tentar saber sempre o preço inicial das peças. É fundamental para se perceber se se está ou não a fazer um bom negócio.

9-      Com as peças dos miúdos fica muito difícil experimentar na loja, até porque eles, a maior parte das vezes for god’s sake, não vão com as mães às compras. Mas é chegar a casa e experimentar. E se não puder ser logo, experimentar no dia a seguir ou dois dias depois. Não deixar passar o prazo de trocas. Claro que isto só se aplica se se tiver dúvidas e se for uma peça para usar nos próximos tempos.

10-   Esta é muito importante, especialmente para mim: É FAVOR não perder os talões!!


11-   Deixar-se surpreender pelos saldos finais. Mas aí armar-se de um capacete de indiferença para o caso de não encontrar nada (não entrar em desespero nem em parafuso) e também com muita paciência. E vai ver que as surpresas vão acontecer.


E agora aceitam-se mais dicas!




7 comentários:

Ana Lemos disse...

ai minha querida como te compreendo...mas sou diferente numa coisa...com as lojas on line passei a comprar muito mais, porque descobri lojas que nao conhecia e porque todas têm coisas lindas que não consigo resistir..e sim, claro, porque tenho duas miudas...as miudas rebentam com orçamentos de mães e pais e avós, e tias...lol

A minha sogra ensinou-me um truque, que resulta lindamente em lojas como a Zara, compra e vai sempre trocando a mesma peça...ou seja podes comprar antes dos saldos e tudo, desde que nao deixes passar a validade...ela chega a ter o vestido que gostou a menos de metade do preço e a trocar por 3 e 4 vezes;))
Conselho de sogra;))

Beijinhosssssssssss e boas compras

Duchess disse...

Ohhhhh. A Ansiedade tinha-me dado essa dica e eu era para a escrever e passou-me. Quem me manda postar às 2 da manhã!

Mas confesso que sou tão naba que não entendi bem. Eles devolvem o resto do dinheiro?

Se sim é uma excelente dica. Obrigada a ti, à sogra e à Ansiedades.

Beijo grande

TERRA DE CORES disse...

Obrg S. pelas dicas!
Para a semana vou precisar de ir saldar e assim já vou mais consciente :) e preciso mm tanto destas dicas!

Bjs gr

bebexik disse...

Não sou uma expert em saldos ....quando os miudos eram mais pequenos tinha mais noção dos tamanhos e comprava para o prox.ano...ai sim fazia boa compras porque para rapazes não há muitas tentações !!!! calções azuis ,bejes, de ganga e t-shirt's/polos de várias cores....
como ainda gosto de os vestir de igual as vezes é mais dificil quando encontrava a um bom preço comprava logo.
Para mim é diferente ...tenho feito tantos disparates com o entusiasmo compro coisas que nunca usei as vezes dou com etiquetas e tudo...por isso agora sou mais ponderada só compro quando é uma coisa que já namoro à algum tempo e vejo sempre se há muitas peças se há espero se não ataco e pronto
mas já tenho encontrado coisas giras a muito bom preço !!!


Beijinhos
Raquel

Maggie disse...

Não tenho destes stresses sem ser para mim, a roupa das miudas compra o meu marido quase quase toda, ufffa é um descanso.
Traz imensa coisa qdo vai aos EUA e depois cá tbém compra. Verdade seja dita que nisto o meu marido é mto melhor que eu, sabe sempre os tamanhos e tem optimo gosto, ahhh tbém sabe comprar nos saldos.

Maggie

Mãe para Sempre disse...

Muito obrigada pelas dicas

abraço

:)

Full-time Mom disse...

Independente de ir no início, meio ou no fim eu gosto de ir assim que a loja abre, que ainda está tudo arrumado e é muito mais fácil procurar e escolher. Fim-de-semana e depois de almoço é para esquecer. Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...